6 benefícios dos animais para a saúde

de Dobro Comércio de Alimentos e Bebidas Ltda em May 20, 2020
Eles são fiéis e companheiros, mas além de melhor amigo do homem, os animais podem ser fundamentais na melhora da nossa qualidade de vida. Muitas pessoas não acreditam, mas há estudos que comprovam que conviver com um “bichinho de estimação” pode trazer diversos benefícios para a saúde, e claro, encher a nossa casa de amor e alegria. 

1. Diminui o estresse

Um estudo realizado pela Universidade Estadual de Nova York, se tratava de testar os níveis de estresse das pessoas em quatro situações diferentes, a primeira ela sozinha, a segunda com o parceiro, a terceira com o animal e a quarta com o parceiro e o animal. Em todos os experimentos, foi comprovado que o nível de estresse era menor quando estavam juntos com o pet. Essa interação entre homem e animal, resulta na diminuição de cortisol - hormônio responsável pelo estresse - no corpo, por conta da sensação de bem estar e conforto, evitando problemas que poderiam ser desencadeados com o excesso do hormônio de alerta. 

2. Diminui a depressão

Falar que os animais trazem mais alegria para a casa não é mentira, já é comprovado que quando estamos na companhia de um “bichinho”, nosso corpo produz mais hormônios como ocitocina, prolactina e serotonina, que melhoram o humor. Logo, a tristeza vai embora com mais facilidade e o sentimento de solidão diminui com a companhia do seu amigo peludo. Nosso cérebro também consegue detectar o carinho e amor recebidos pelos animais, o que ajuda a pessoa a perceber o senso de valor próprio, incentivando a obter hábitos positivos e interesse pelo outro, ou seja, a segurança e o apoio observados nesta relação também influencia no aumento da autoestima. 

3. Incentiva a socialização

Animais como cachorros, são considerados animais sociáveis, que gostam de ser levados para passear e interagir com outros cães, desta forma, ele estimula que os donos frequentem ambientes que favorecem a interação social com outras pessoas. Além disso, animais de estimação fazem parte de um tema em comum na sociedade, frequentemente virando assuntos em diversas conversas, o que estimula a aproximação entre os participantes.

4. Incentiva a prática de atividades físicas

Para ter um animal de estimação, principalmente se for um cachorro, é exigido que ele pratique atividades físicas em sua rotina, desde brincadeira de “jogar a bolinha” até uma passeada diária no quarteirão de casa ou no parque. Com esse costume, consequentemente o dono deverá realizar a caminhada também, que é essencial para a saúde humana, e quem sabe, não é um primeiro passo para iniciar um hábito mais saudável e equilibrado no dia a dia.

5. Redução da pressão arterial

O convívio e interação com o animal traz maior tranquilidade, pois o nível de adrenalina, totalmente relacionado ao aumento da pressão arterial, diminui, e há maior produção e liberação de acetilcolina. Sendo assim, esse neurotransmissor está envolvido na sensação de bem estar causada pela diminuição da frequência cardíaca, frequência respiratória e pressão arterial, em outras palavras, ele ajuda na prevenção contra ataques do coração e outras doenças cardiovasculares.  

6. Ajudam a detectar o câncer

Já utilizados por alguns médicos e pelos próprios donos, os cachorros têm uma sensibilidade que possibilita detectar a presença de um tumor em diversas partes do corpo. Deve-se analisar o local que o cão está farejando para ter um diagnóstico, além disso, há maneiras de treinar o animal para ser especializado na realização de descobertas importantes como essa. 
Durante a quarentena, o abandono de animais tem aumentado cada vez mais, então trouxemos apenas um pouco dos muitos pontos positivos que esses peludos podem trazer para nossas vidas. O companheirismo é inegável, e em tempos de isolamento, a presença dos pets têm sido essenciais para a saúde de muitas pessoas. Eles não julgam, não ligam para a sua aparência, gênero, cor ou classe social, apenas amam incondicionalmente, da forma mais pura e verdadeira da palavra, afinal, eles são donos do maior coração do mundo. 
"Antes de ter amado um animal, parte da nossa alma permanece desacordada", Anatole France.
Fonte: Exame e Saude.ig
DEIXE UM COMENTÁRIO

Os comentários devem ser aprovados antes de aparecer