Do frio ao Brasil: Como surgiu a Dobro?

Do frio ao Brasil: Como surgiu a Dobro?

Olá, eu sou o Victor Comper, um dos fundadores da DOBRO. Estou escrevendo esse texto, pois gostaria de compartilhar nossa história, de como criamos a DOBRO - uma startup de alimentação nutritiva e energética - e a 1ª barra energética com cafeína do Brasil.

 

Em julho de 2017 decidi fazer intercâmbio, a trabalho, nos EUA. Consegui um estágio em uma startup em Santa Mônica, Califórnia. Basicamente, eu era um gerente de tudo e fazia um pouco de tudo e tudo de tudo, desde tirar o lixo de segunda-feira, falar com os clientes, ser o manager do Facebook Ads até treinamentos para os freelancers, na época. Com o passar dos meses, o ambiente de trabalho, de liberdade e autonomia, fez com que eu tivesse muita vontade de empreender.

 

Em dezembro, em um feriado, em Denver, estava frio, muito frio. Eu vestia uma roupa térmica, uma camiseta da seleção brasileira, uma calça e um agasalho de neve, luvas, gorro e óculos. Uma roupa básica para quem quer fazer snowboarding, nos EUA. O mais interessante, e desconfortável, foi que eu fiquei, durante o dia todo, com uma pequena mochila nas costas, subindo e descendo a montanha - fora os tombos e a neve para todos os lados!

Essa mochila eu tenho até hoje. Aliás, ela é um dos motivos pelo qual eu decidi empreender, parece ser estranho, mas é verdade. Nela, continha 2 energéticos de 500ml e uns 4, ou 5 pacotes de cookies e snacks, que eu levava para poder comer quando me dava fome ou cansaço. Tinha tudo que eu precisava para poder aproveitar ao máximo os feriados e não perder tempo indo às filas dos restaurantes da estação de Skii.

 

Foi nesse momento que eu senti uma necessidade enorme de ter um alimento energético. Mais do que isso! Eu queria algo que pudesse me alimentar de maneira nutritiva e saudável, mas que ao mesmo tempo me desse energia - já que 1 litro de energético na mochila era muito pesado! Nesse instante, mas sem imaginar o que estava por vir, a sementinha da Dobro estava sendo plantada - e não estou falando da nossa semente de chia.

 

Nesse exato instante, decidi ligar para o Lucas Gazola, que por sinal, também estava fazendo intercâmbio, só que em Praga, na República Tcheca, além de ser meu amigo, morávamos juntos, em São Paulo, durante toda a nossa graduação em Administração, na FGV, e disse: “Preciso te contar uma coisa, você está podendo falar?”. O Lucas, sem entender muita coisa, disse para eu falar, e continuei. “Você toma muito café? Você vive cansado? Sabe quando você acorda na correria? Sabe quando precisamos de uma energia extra durante o trabalho? Sabe quando queremos algo leve e que nos dê energia para correr? Faz um tempo que essa ideia não sai da minha cabeça, e preciso de você. Vamos empreender? Fazer uma barra energética com café? Para nutrir e dar energia?” Pronto! Durante alguns segundos, Lucas achou que eu era maluco, mas depois, durante minutos, começamos viajar no produto na véspera do Natal. Pensando melhor, decidimos conversar quando chegássemos ao Brasil.

 

Nesse meio tempo e na angústia de tirar do papel essa ideia que me martelava durante esse tempo, fiz alguns testes pessoalmente - ainda bem que eu não sou engenheiro de alimentos, caso contrário a DOBRO não estaria de pé. Lembro até hoje que comprei alguns ingredientes e comecei a fazer essa porção mágica. Óbvio, ficou um pouco ruim, mas eu tinha achado maravilhoso.

De volta ao Brasil, depois do carnaval de 2017 e de muitas pesquisas, começamos os testes, junto a uma engenheira de alimentos, a fim de acharmos a fórmula ideal, que entregasse um produto de qualidade, um sabor gostoso e o principal: energia! Em torno de oito meses e, após, 24 testes, chegamos na fórmula atual, para lançar a primeira barra energética do Brasil com cafeína.

 

Durante esse processo, estávamos no último ano de faculdade, com estágio e TCC, e ainda por cima querendo treinar para uma maratona. Tivemos que abdicar de algumas coisas e tornar outras prioridades. Nem preciso falar qual priorizamos…

 

O dia mais difícil para a gente foi na semana do lançamento! O cenário era apertado, mas perfeito. Expectativa: a gráfica iria mandar nossa embalagem na sexta, com urgência, para chegar na fábrica, no interior de São Paulo, na segunda, que por sua vez, iria fabricar as barras na terça e iria nos enviar na quarta, para que na quinta, tivéssemos o produto em mãos, já que o lançamento era na sexta, 01/12/2017.

 

Realidade: A gráfica não mandou na sexta e quando ficamos sabendo, ela havia “confundido as notas” e mandado sem urgência, o que demoraria mais para a embalagem chegar. Ou seja, nossa embalagem chegaria na fábrica apenas na sexta-feira, dia do lançamento. Na correria e, claro, no desespero de fazer tudo dar certo, a embalagem chegou em um centro de distribuição da transportadora, aqui, em São Paulo, na quinta, 15h da tarde, enquanto eu e o Lucas, estávamos “trabalhando” em nossos estágios, vide suando frio (prefiro não comentar as milhares de soluções que ficamos pensando se caso nossa embalagem não chegasse a tempo).

 

Enfim, liguei para o Lucas e disse: “Nossa embalagem chegou na marginal, vamos ter que sair do trabalho, pegar elas e levar para a fábrica… é o único jeito!”. Não deu outra, saímos do trabalho, enquanto ligávamos para a fábrica - que nos salvou e começou a produção - e fomos buscar nossa embalagem no CD na marginal Tietê. Chegamos na fábrica no final da tarde, que ficou produzindo as barras até de madrugada, horário em que as primeiras barras começaram a ficar prontas. Colocamos parte da produção no carro e chegamos em São Paulo quatro horas da manhã... no mesmo dia do lançamento, no Festival 00, uma feira de pequenas empresas e empreendedores, na Oscar Freire, uma das ruas mais movimentadas de São Paulo.

Ou seja, nossas barras ficaram prontas horas antes do evento, mas tínhamos ainda que receber a outra parte da produção. Nesse caso, meus pais, que moram no interior, passaram na fábrica pela manhã e chegaram em São Paulo com o restante das barras na hora do início do evento. Foi uma correria de carregamento de barras e estrutura, tudo para deixar nosso estande legal, que o Pedro Chuluck, nosso amigo em comum e de infância, veio nos ajudando e agregando muito nas últimas semanas, brilhou os olhos e entrou no time! (Assista ao vídeo do lançamento).

 

Escrevendo isso já me dá um suador, então, imagina na semana ou no dia do lançamento - que por sinal, foi um sucesso! Divulgamos o produto, vendemos quase todas as barras, e colocamos em prática, uma ideia que trabalhamos durante quase 1 ano. A expectativa era alta, o trabalho era difícil, mas quando fazemos as coisas que gostamos, o resto vem! Desde então, daquele primeiro de dezembro de 2017, estamos trabalhando para entregar um produto de qualidade, para qualquer tipo de pessoa.

Na DOBRO, acreditamos que #energiagerapossibilidades. Nossa missão é fornecer energia e nutrição de alta qualidade, sempre com #focoemdobro, pois, queremos estar com você, sendo a energia extra para você ir mais longe, bater no peito e dizer @soudobro!


2 comentários

  • ANA LUCIA

    Parabéns, sou fã !! Conheci através do meu amigo Gustavo Maia no PROGRAMA FÔLEGO! Vcs fizeram muito bem em colocá-lo para divulgar!! Sou ultramaratonista e achei ótima, já que amo café e sentindo o sabor dela nas trilhas , me faz sentir energizada para enfrentar as montanhas!! Sucesso!! Abs.

  • Gabriel

    Opa! Meu nome é Gabriel e achei espetacular a historia de voces. Fiquei lendo e ficando mais curioso. Já era cliente mas agora tem meu respeito KKKK parabens pelo produto que vocês vão longe!!

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados