Mudando a percepção sobre o estresse

Mudando a percepção sobre o estresse

Todo mundo se estressa. É uma parte normal da vida. Você pode sentir estresse em seu corpo quando tem muito o que fazer, quando não dorme bem ou quando se preocupa muito com coisas como trabalho, dinheiro, relacionamentos, etc. Em resposta a essas tensões, seu corpo aumenta automaticamente a pressão sanguínea, os batimentos cardíacos, a respiração, o metabolismo e o fluxo sanguíneo para os músculos. Esta resposta tem como objetivo ajudar seu corpo a reagir rápida e efetivamente a uma situação de alta pressão. No entanto, quando você está constantemente reagindo a situações estressantes sem fazer ajustes para combater os efeitos, sentirá um estresse que pode ameaçar sua saúde e bem-estar.

O estresse agudo

O estresse agudo vem de surpresas inesperadas que precisam de resposta rápidas. Isso é o que normalmente pensamos como "estresse" (ou "estresse ruim"). O estresse agudo desencadeia a resposta do corpo. Depois que o estressor é tratado, precisamos retornar nosso corpo à homeostase, ou seu estado pré-estresse, para ser saudável e feliz. O estresse agudo, por si só, não afeta muito se encontrarmos maneiras de relaxar rapidamente. 

O estresse crônico

É outra forma de "estresse ruim". Isso ocorre quando enfrentamos repetidamente estressores que causam um grande impacto e que são inevitáveis. Um trabalho estressante ou uma vida familiar infeliz pode trazer estresse crônico. Isso é o que normalmente pensamos como estresse grave. Como nosso corpo não é projetado para o estresse crônico, podemos enfrentar efeitos negativos à saúde (tanto físicos quanto emocionais) se lidarmos com o estresse crônico por um longo período de tempo.

O "estresse bom”

É o tipo de estresse que sentimos quando estamos excitados. Nosso pulso acelera e nossos hormônios aumentam, mas não há ameaça ou medo. Sentimos esse tipo de estresse quando montamos uma montanha-russa, competimos por uma promoção ou saímos pela primeira vez. Existem muitos gatilhos para esse "estresse bom”, e isso nos mantém em movimento e animados com a vida.

Fontes de "estresse bom” são, idealmente, atividades que você escolhe e que te fazem sentir bem e animado. Para avaliar se uma atividade vale ou não o seu tempo, preste atenção em como o pensamento dela faz você se sentir. Você se sente animado? É um "querer" ou um "preciso"? Certifique-se de que suas atividades de "desejo" sejam todas as coisas que você realmente quer fazer e que as atividades de "necessidade" sejam absolutamente necessárias.

Fique em sintonia consigo mesmo e reconheça quando basta. Talvez você não consiga eliminar todo o estresse, mas muitas vezes há maneiras de minimizar ou evitar um pouco do estresse em sua vida, e isso pode facilitar o manuseio do resto. Se você puder evitar as formas mais intensas de estresse, terá mais resistência a outros tipos de estresse inevitáveis.

Mudando a percepção 

Nem todas as formas de estresse ruim podem se tornar um estresse bom, mas é possível mudar sua percepção de alguns dos estressores da sua vida. Essa mudança pode mudar sua experiência com estresse.

A resposta ao estresse do corpo reage fortemente às ameaças percebidas. Se você não vê algo como uma ameaça, geralmente não há resposta ao estresse com base em ameaças. Se você perceber algo como um desafio, o medo que normalmente sentiria pode se transformar em excitação. Muitas vezes, você pode fazer a mudança de percepção:

  1. Focando nos recursos que você precisa para enfrentar o desafio.
  2. Vendo os potenciais benefícios de uma situação.
  3. Lembrando seus pontos fortes.
  4. Ter uma mentalidade positiva (adquirir o hábito de pensar como um otimista).
  5. À medida que você pratica encarar as ameaças como desafios com mais frequência elas se tornam mais automáticas e você experimenta mais estresse bom e menos estresse ruim.

No geral, é importante ter um "estresse bom” em sua vida. Faça um esforço para eliminar o máximo de estresse crônico possível. Mude sua percepção do estresse onde puder e adicione atividades positivas para promover o "estresse bom”. Juntas, essas estratégias ajudam a criar um equilíbrio saudável em sua vida.

Dicas praticas para lidar com o estresse:

  1. Compartilhe seus sentimentos: Uma conversa com um amigo informa que você não é o único que está tendo um dia ruim. Fique em contato com amigos e familiares. Pergunte a eles como eles lidaram com uma situação semelhante que pode estar "estressando você".
  1. Procrastinação: Todos nós fazemos isso, é claro. Mas deixar as coisas se acumularem nos estressará. Encontre maneiras de cuidar das coisas agora. O hábito de fazer "agora" melhora a sua vida.
  1. Desorganização: Estamos todos desorganizados até certo ponto. A desorganização nos estressa. Reserve um tempo para organizar as coisas em sua vida, começando com sua mesa e passando para sua casa.
  1. Atrasado: Estar atrasado sempre nos estressa. Temos que nos apressar para nos aprontar e para chegar, fora a aparência ruim de estar atrasado. Aprenda o hábito de chegar cedo, e esse estresse desaparece. Faça um esforço consciente para começar a se preparar mais cedo e sair mais cedo. É uma sensação boa.
  1. Controle: Tentar controlar situações e as pessoas serve apenas para aumentar nossa ansiedade. Aceite a maneira como outras pessoas fazem as coisas, e aceite o que acontece em diferentes situações. A única coisa que você pode controlar é você mesmo - trabalhe nisso antes de pensar em tentar controlar o mundo. Aprenda também a se separar das tarefas e a delegá-las. Aprender a deixar de lado nossa necessidade de controlar os outros e as situações ao nosso redor é um passo importante para eliminar o estresse.
  1. Multitarefa: Ter várias tarefas acontecendo ao mesmo tempo pode parecer produtivo, mas, na realidade, isso nos atrasa de realmente focar em uma tarefa e concluí-la - e isso nos estressa nesse meio tempo. Faça uma coisa de cada vez. A melhor maneira de lidar com esse sentimento de estar sobrecarregado é realizar uma tarefa de cada vez.
  1. Desacelera: Em vez de correr pela vida, aprenda a levar as coisas devagar. Aprecie sua comida, aproveite as pessoas ao seu redor, aproveite a natureza. Este passo por si só pode economizar muito estresse. Crie períodos de tempo mais abertos em sua vida. Não é necessário agendar cada minuto de nossas vidas. 
  1. Ajude outros: Ajudar outras pessoas não apenas lhe dá uma sensação muito boa, mas também reduz seu nível de estresse. Obviamente, isso não funcionará se você tentar controlar os outros ou ajudar os outros de uma maneira muito apressada e frenética - aprenda a relaxar, divirta-se e deixe que as coisas aconteçam, enquanto você trabalha para melhorar a vida dos outros.
  1. Relaxe ao longo do dia: É importante fazer mini-pausas durante o dia de trabalho. Pare o que está fazendo, massageie os ombros, o pescoço, a cabeça, as mãos e os braços, levante-se e estique-se, caminhe, beba um pouco de água. Vá lá fora e aprecie o ar fresco e o lindo céu. Converse com alguém que você gosta. A vida não precisa ser toda sobre produtividade. Você também deve evitar o uso excessivo da atividade on-line - afaste-se do computador para relaxar.
  1. Exercício: O exercício regular é uma maneira popular de aliviar o estresse. Vinte a trinta minutos de atividade física beneficiam o corpo e a mente.
  1. Alimentação saudável: Isso acompanha o exercício como método de prevenção do estresse, é claro. Torne-se mais saudável e uma das principais fontes de estresse desaparecerá.
  1. Hobbies: Faça uma pausa nas suas preocupações, fazendo algo que você goste. Seja jardinagem ou pintura, agende um horário para satisfazer seu interesse.
  1. Seja grato: É uma maneira de pensar positivo e reduzir o estresse. Ser grato pelo que você tem e pelas pessoas em sua vida é ver isso como um presente. Com esse tipo de visão de vida, o estresse diminui e a felicidade aumenta. Essa é uma fórmula vencedora.
  1. Seja flexível: Se você encontrar uma oposição constante na sua vida pessoal ou profissional, repense sua posição ou estratégia. Discutir apenas intensifica sentimentos estressantes. Aceite as opiniões de outros e esteja preparado para se comprometer. Você não apenas reduzirá seu estresse, como poderá encontrar melhores soluções para seus problemas.

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados